Serviços técnicos nos Jogos Paralímpicos

A Ottobock é responsável por oferecer serviços técnicos e reparos gratuitos aos atletas paralímpicos – não importa qual seja a marca de suas próteses, órteses ou cadeiras de rodas. Participamos de todos os Jogos Paralímpicos desde a edição de Seul, em 1988.

Durante os Jogos, montamos oficinas nas vilas paralímpicas e em locais selecionados de competições, com o apoio de uma unidade móvel. Nossas oficinas, conta com uma equipe de técnicos em ortopedia e especialistas em cadeiras de rodas que estão entre os melhores do mundo, são equipadas com todas as peças de substituição necessárias. Isso garante aos atletas que suas necessidades de serviços e reparos sejam atendidas de forma rápida e tecnicamente especializada.

A estreia da Ottobock como fornecedora técnica em Jogos Paralímpicos foi em Seul 1988, quando quatro técnicos em ortopedia da Ottobock Austrália construíram um pequeno pavilhão para disponibilizar seus serviços. Nos Jogos Paralímpicos 2012 em Londres, a equipe já contava com 88 técnicos de 19 países, que trabalharam mais de 10.500 horas e executaram 2.062 reparos para 1.667 atletas de 123 países.

Devido à incessante atividade em nossas oficinas, elas são comumente comparadas aos boxes do esporte motorizado. Mas, ao contrário dos mecânicos dos boxes, nossos técnicos executam serviços para milhares de atletas de 20 diferentes modalidades esportivas, cujos equipamentos são minuciosamente adaptados às suas necessidades individuais. Os técnicos nunca sabem o que os espera.

O trabalho começa bem antes de os atletas iniciarem a disputa por medalhas, a fim de garantir que os equipamentos se mantenham cem por cento em ordem após o transporte.

Ao longo dos anos, as oficinas da Ottobock não só se tornaram centros de reparos indispensáveis para os atletas, como também viraram pontos de encontro onde os esportistas paralímpicos podem tomar um café e reencontrar técnicos e amigos de edições anteriores dos Jogos. A oficina principal no coração das vilas paralímpicas consolidou-se como um lugar para reunir a comunidade de atletas.

A Ottobock alia competência de ponta no âmbito de tecnologias de mobilidade inovadoras a serviços pautados por ampla experiência prática que se aperfeiçoam a cada edição das Paralimpíadas. Os atletas podem ter confiança que suas necessidades técnicas serão compreendidas e que os reparos serão realizados de forma tecnicamente especializada. Nós cuidamos da parte técnica para que eles se concentrem totalmente no seu desempenho e na competição.


Técnicos

Técnico da Ottobock efetuando o reparo de uma handbike nos Jogos Paralímpicos de Londres 2012.

Prover confiança e os serviços necessários aos atletas durante as competições dos Jogos Paralímpicos exige a dedicação de uma equipe de técnicos experientes de classe mundial.

A equipe de assistência técnica da Ottobock é constituída de protesistas, ortesistas, técnicos em cadeiras de rodas e soldadores especialmente selecionados de todas as partes do mundo.

Aqui você pode conhecer os membros dessa equipe para os Jogos Paralímpicos Rio 2016 vindos de:

Argentina, Austrália, Canadá, Croácia, Egito, Finlândia, Alemanha, Hong Kong, Hungria, Irlanda, Japão, Coreia, Líbano, Holanda, México, Rússia, África do Sul, Suécia, Suíça, Turquia, Reino Unido, Ucrânia, EUA

Filter Desktop
Filter Mobile
  • Content
Paging