Os Jogos

Há mais de três décadas a Ottobock promove o esporte para pessoas com deficiência.

Nosso compromisso com as Paralimpíadas começou em 1988, quando quatro técnicos em ortopedia da Austrália identificaram a necessidade de oferecer reparos e manutenção aos equipamentos esportivos dos atletas nos Jogos Paralímpicos de Seul, criando uma oficina improvisada para essa finalidade.

Para os Jogos Paralímpicos 1992 em Barcelona, o serviço foi ampliado para incluir uma oficina móvel com uma equipe de dez técnicos de cinco países diferentes. Desde então a Ottobock participa de todos os Jogos Paralímpicos de verão e de inverno. Para Londres 2012, foi formada uma equipe internacional com 80 técnicos, que ofereceram seus serviços em 20 idiomas nas oficinas em todas as três vilas olímpicas e em nove locais de treinamento e competições, com o suporte de uma unidade móvel.

Nos Jogos Paralímpicos de Inverno 2010 em Vancouver, a Ottobock ampliou seu compromisso para aumentar a visibilidade pública do Movimento Paralímpico. No Ottobock Snow Dome, os visitantes puderam vivenciar na prática experiências paralímpicas. O sucesso do Snow Dome nos inspirou a transformá-lo em uma exposição itinerante interativa e multimídia. A exposição, que atualmente está percorrendo a Ásia, mostra como nossas tecnologias são usadas por atletas paralímpicos e portadores de deficiência no lazer, na vida profissional e no esporte.


A Ottobock nos Jogos

Desde 1988, a Ottobock oferece serviços técnicos como parceira dos Jogos Paralímpicos. Conheça melhor a história dos jogos e essa missão única.

mais

Parcerias

Em 2005 a Ottobock tornou-se parceira mundial do Comitê Paralímpico Internacional (CPI) e hoje trabalha com comitês paralímpicos no mundo todo.

mais

Pequim 2008

Saiba mais sobre a vida nos bastidores dos Jogos Paralímpicos e no centro técnico de reparos da Ottobock.

mais

Londres 2012

Com público presencial de 2,7 milhões de pessoas e audiência televisiva internacional recorde de 3,4 bilhões de espectadores, as expectativas eram altas. No centro técnico de reparos e serviços da Ottobock, tudo correu dentro do esperado.

mais

Sochi 2014

A forte rivalidade esportiva entre EUA e Rússia podia ser sentida na arena de hóquei sobre trenó e no centro técnico de reparos e serviços da Ottobock, mostrando por que o papel dos soldadores é um dos mais importantes nos Jogos Paralímpicos.

mais

Rio 2016

A Ottobock preparou-se para fornecer assistência técnica a um número recorde de 4.350 atletas; saiba mais sobre o que foi feito e como.

mais