Ventus Starrrahmen-Adaptivrollstuhl

As exigências a uma cadeira de rodas são tão diversas quanto os próprios utilizadores. Entretanto todos têm uma coisa em comum: o desejo pelo máximo de mobilidade e autonomia possível na vida cotidiana. Poder seguir os próprios interesses de maneira livre e autossuficiente – sempre e em todo o lugar. A Ventus une todos esses desejos.  Como uma cadeira de rodas ativa, totalmente configurável, provida de uma estrutura rígida confeccionada individualmente e de uma ampla variedade de opcionais para um uso versátil, ela é uma companheira de confiança na vida cotidiana.

Protetor de roupas

O painel lateral com protetor lateral de roupas protege a roupa contra sujeiras.

Cabeçote direcional continuamente ajustável

A armação do chassi da Ventus oferece as melhores opções de ajuste fino, que asseguram uma ótima estabilidade em linha reta e evitam a temida vibração das rodas direcionais em descidas.

480A25 - Mobilidade

Ventus Starrrahmen-Adaptivrollstuhl

A cadeira de rodas ativa para todos

As exigências a uma cadeira de rodas são tão diversas quanto os próprios utilizadores. Entretanto todos têm uma coisa em comum: o desejo pelo máximo de mobilidade e autonomia possível na vida cotidiana. Poder seguir os próprios interesses de maneira livre e autossuficiente – sempre e em todo o lugar. A Ventus une todos esses desejos.  Como uma cadeira de rodas ativa, totalmente configurável, provida de uma estrutura rígida confeccionada individualmente e de uma ampla variedade de opcionais para um uso versátil, ela é uma companheira de confiança na vida cotidiana.

Peso corporal máx.140 kg
AtividadesDuração diária de uso, Rehab
Para utilizadormulheres, Homens, adultos, idosos, jovens

Ventus Starrrahmen-Adaptivrollstuhl

As exigências a uma cadeira de rodas são tão diversas quanto os próprios utilizadores. Entretanto todos têm uma coisa em comum: o desejo pelo máximo de mobilidade e autonomia possível na vida cotidiana. Poder seguir os próprios interesses de maneira livre e autossuficiente – sempre e em todo o lugar. A Ventus une todos esses desejos.  Como uma cadeira de rodas ativa, totalmente configurável, provida de uma estrutura rígida confeccionada individualmente e de uma ampla variedade de opcionais para um uso versátil, ela é uma companheira de confiança na vida cotidiana.

Protetor de roupas

O painel lateral com protetor lateral de roupas protege a roupa contra sujeiras.

Cabeçote direcional continuamente ajustável

A armação do chassi da Ventus oferece as melhores opções de ajuste fino, que asseguram uma ótima estabilidade em linha reta e evitam a temida vibração das rodas direcionais em descidas.

Todas as vantagens em um relance

Ventus – estável, estreito, versátil

Construção estável da Ventus Ottobock
Alta estabilidade

Cada estrutura da Ventus é confeccionada individualmente. Como uma cadeira de rodas ativa de estrutura rígida, a Ventus se destaca por sua alta estabilidade.

Bucha de encaixe da Ventus Ottobock
Uma bucha de encaixe, muitas possibilidades

As buchas de encaixe, disponíveis em diferentes comprimentos, não só regulam o ângulo do assento, mas também podem ser movidas continuamente na estrutura para ajustar o ponto de inclinação da cadeira de rodas.

Encosto de altura ajustável da Ventus Ottobock
Encosto ajustável na altura

Graças ao encosto de altura ajustável, é possível ajustar o encosto da cadeira de rodas à altura desejada com apenas alguns movimentos e sem ferramentas.

Estrutura dianteira contracurvada da Ventus Ottobock
Estrutura dianteira contracurvada

O design contracurvado da estrutura dianteira assegura um bom posicionamento e condução das pernas e torna a cadeira de rodas visualmente mais estreita.

Experiência do utilizador

A vida é uma questão de transpor barreiras

Kim Elena, espinha bífida, cadeirante, estudante de ciências sociais: "Eu nasci com espinha bífida. Eu cresci no campo. Lá era tudo mais fácil. Agora moro na cidade. No começo, foi uma grande mudança evidentemente. Há muito mais barreiras, muitos edifícios não são acessíveis para cadeira de rodas e, muitas vezes, é preciso ver como se entra. Mas sempre encontro colegas estudantes que me ajudam. Acho isso uma experiência muito positiva. Afinal de contas, a vida é sempre uma questão de transpor barreiras, também na convivência com outras pessoas. Muitas pessoas precisam de ajuda para isso e esse é o motivo
pelo qual decidi estudar ciências sociais.

A propósito, uma cadeira de rodas também pode ser uma barreira, mais restritiva do que útil. Já andei com muitas cadeiras de rodas na minha vida, algumas eram muito desconfortáveis. Antes os outros decidiam por mim, agora eu mesma faço minhas escolhas. Os fatores decisivos para mim são a qualidade do assento e a adaptação ideal. Isso você percebe logo no primeiro dia em uma cadeira de rodas. Na verdade, você já percebe no momento em que se senta nela. Quase de imediato. É assim."

Uma cadeira de rodas tem que ser pau para toda obra

Kevin vive com uma paraplegia incompleta TH 11/12 após um acidente de trabalho, é cadeirante, corredor de esqui, praticante de esqui aquático, handbiker e kitesurfista: "Já comecei com deficiência. Quando criança, tive de usar gesso durante dois anos e meio por causa de uma lesão na articulação do quadril, depois treinamento com máquina de ginástica; não pude participar das aulas de esporte até aos 14 anos de idade. Então comecei a fazer esporte e recuperei todo o tempo perdido. Mostrei que eu podia fazer. Em 2002 tive um acidente. Enquanto trabalhava no telhado, caí dez metros por um andaime quebrado. Desde então sou paraplégico. Na época, não demorei muito a me perguntar: vai deixar isso te atrapalhar? Não, respondi a mim mesmo
e aceitei o desafio.

Eu lutei e venci todas as vezes. Tornei-me corredor de esqui e fiz parte do time nacional nas Paraolimpíadas de 2006 em Turim. Eu sei muito bem que é possível participar ativamente na vida. É só querer. Minha cadeira de rodas precisa aguentar tudo isso. Se não for uma do tipo permanentemente soldada, ela deve ter ao menos uma manobrabilidade semelhante. O fator decisivo é a estabilidade, isso é o mais importante. Ela precisa ser resistente, assim como eu. Afinal, meu lema é: "Uma cadeira de rodas tem que ser pau para toda obra!"

Uma cadeira de rodas precisa ser como que feita exclusivamente para mim

Marianne, paralisia espinhal hereditária, cadeirante, viajante global: "Desde 2006 estou tão seriamente incapacitada que preciso de uma cadeira de rodas. No início, tive muito medo de depender da ajuda dos outros, de ficar isolada e solitária. Mas aconteceu o contrário. Evidentemente preciso de ajuda, mas eu a recebo sempre que preciso. É preciso ser perseverante,
ir atrás, mas há tantas ofertas que, na maioria das vezes, se está bem provido. Em viagens, há até verdadeiras vantagens porque as pessoas com deficiência são tratadas de forma bastante preferencial.
Os tratamento médicos e dispositivos também evoluíram muito. Uma cadeira de rodas moderna é tecnicamente muito melhor hoje do que era há alguns anos atrás. Para mim, a primeira impressão é muitas vezes decisiva na escolha de uma cadeira de rodas. Ela tem que ser do meu agrado logo de primeira. Afinal, se você já não pode andar direito,
ainda tem que sentar numa cadeira de rodas feia?
Mas, na verdade, o mais importante para mim é me sentar com todo o conforto. Uma cadeira de rodas precisa ser como que feita exclusivamente para mim. Isso se descobre ao andar com ela, se ela é leve e manobrável, eu já me sinto segura e muito mais confortável".

Fui um dos primeiros testadores

René, tetraplegia C5/C6 após acidente de trânsito, cadeirante há muitos anos, funcionário da Ottobock: "Minha profissão é testar as cadeiras de rodas. Com mais de 20 anos de experiência
de uso, posso julgar com precisão a qualidade e características de condução. A oferta da Ottobock para trabalhar aqui em Königsee, na Turíngia, na divisão de Mobility Solutions, foi perfeita para mim. Dessa forma, posso ajudar a mim mesmo e a todos os outros com deficiências semelhantes à minha. Acho isso e a aceitação dos colegas simplesmente sensacional. Uso a Ventus já há quatro anos, fui testador desde o início. Desde o início, o foco do desenvolvimento foi uma construção leve e coerente bem como um design compacto. Idealmente, uma construção leve significa uma redução do peso - por exemplo, utilizando alumínio ou reduzindo a espessura da parede do tubo e a espessura do material, maximizando ao mesmo tempo a estabilidade. Na Ventus, conseguimos obter o máximo de economia de peso, que se pode alcançar com essa redução e com a construção mais compacta possível.
Hoje, uso uma cadeira de rodas ativa de estrutura rígida produzida com o mínimo de material possível, mas que resulta no máximo necessário em termos de cadeiras de rodas. Com ela realizo o procedimento de entrar e sair do carro quatro vezes ao dia sem nenhum problema. E quem conhece isso, sabe o que um quilo a mais ou a menos significa. Para mim, a Ventus é uma referência em todos os quesitos, principalmente em seu segmento de preço. Além disso, a acho muito bonita com seu design minimalista."

Especificações

Informações de produto

Peso corporal máx.140 kg
AtividadesDuração diária de uso, Rehab
Para utilizadormulheres, Homens, adultos, idosos, jovens
Tipo de estruturaFixo
Material da estruturaAlumínio
Carga máx.100 /140 (Heavy Duty) kg
Tipo de produtoCadeiras de rodas manuais
Downloads

Documentos

Instruções de utilização
480A25Instruções de utilização

647G827=PT_INT

Instructions for use (qualified personnel) | Ventus
Download (PDF 4043638) Instruções de utilização
Declaração de conformidade
480A25Declaração de conformidade

4818756

Declaration of Compatibility for 480A25
Download (PDF 1426367) Declaração de conformidade